28 de março de 2012

Tristeza vai embora por favor?!

fotos tristeza
Nossa acho que é a primeira vez que desabafo aqui, claro já falei algumas coisas, mas não muito sobre eu com eu...
Confesso que de uns dias para cá ando numa tristeza, num desanimo, a única coisa que me conforta e anima é a Malu.
Achei bonitinho esses dias quando ela me viu chorando começou a passar a mão no meu rosto e sorrir, insistindo para que eu olhasse ela.
E não sei nem exatamente o que seja, ando descontente com o meu relacionamento com o Leandro, ás vezes percebo que ele não tá nem aí com nada.
Estamos com dívidas e como já comentei em algum post aqui, só não sei qual, eu moro com os meus sogros, e nem é casa separada. Eu gosto muito deles, mas quero ter nosso cantinho, nossa privacidade. Assim é muita interferência.
Iria voltar agora no meio do ano ao meu curso de enfermagem, terminar o técnico e a Malu iria para a escolinha, mas quase certeza que não será assim porque estamos sem grana e o curso é caro.
Então estou pensando em trabalhar, fico colocando os prós e contras para ver como será.
As escolas por aqui são super caras, e deixar com a minha sogra é fora de questão.
Quero muito trabalhar, para poder comprar e fazer tudo que quero, não gosto de depender, claro que ele me dá o que quero, mas não é a mesma coisa, e dá para sentir aquele jeito "eu trabalho e banco tudo, ela fica em casa "sem fazer nada" e ainda diz que está triste?!".
Homens são insensíveis, sei que não todos, mas é triste não ser compreendida.
Achar que as coisas que quero são futilidades.
Não tenho colo para correr, e a saudade que sinto da minha mãe só aumenta nessas horas.
Passo o dia me distraindo com a Malu e as coisas dela, mas sinto que falta algo e não sei o que é.
Choro a toa e por qualquer coisa.
Tô num baixo astral e acabo ficando pior de estar assim.
Acabo me sentindo uma péssima mãe por não estar sempre transmitindo alegria...

Desculpem vim com um post triste e desanimador, mas precisava muito desabafar!!!

19 comentários:

Marina Breithaupt disse... [Responder comentário]

Mas desabafar é que faz a gente melhorar.
Sou como vc e muitas outras mães que se dedicam aos filhos, a casa e ao marido. Tb abri mão da minha carreira para cuidar das crianças. Tb já ouvi o tom de "eu carrego todos nas costas". faz parte do casamento...para os homens , infelizmente, as meias e as roupas sujas se passam e pulam novamente para a gaveta sozinhas...sem nossa "ajuda". Faça pequenas coisa por vc. Se permita um café gostoso enquanto a nalu dorme...invete momentos bons. Ajuda e muito passar por essa fase.Ah, sim....é fase...passa. Te garanto! Fica bem! bjos

Mamãe da Julia disse... [Responder comentário]

Que nada, a melhor coisa é desabafar, por pra fora o que agente está sentindo.
Confesso que as vezes acontece muito comigo, eu trabalho, pego minha filha as 17 hrs na minha sogra, e a noite se a Julia da um trabalho ou agente da um tapinha porque fez arte lá vem a bomba: você fica o dia inteiro fora e não tem paciência com ela, além de trabalhar fora, limpar casa, lavar roupa, passar, cozinhar agente sempre é ruim, sempre sem paciência, sempre está triste sem motivo.
É isso é só uma fase, logo logo tudo passa, pede pra Deus ta?! =)

Nossa Princesinha Yasmin disse... [Responder comentário]

Amiga as vezes realmente é muito bom desabafar, aqui em casa eu e o Diogo trabalhamos e a Yasmin está indo em uma creche publica (Que por sinal é ótima), Mas eles realmente nunca entende o nosso lado né! De sábado o meu marido trabalha e eu não, então aproveito para arrumar as coisinhas da Yasmin e nossas e as vezes falo para ele que estou super cansada e sabe o que ele diz? Cansada de quê? Não fez nada hoje... Eles são mesmo muito mal agradecidos.
Sobre o dinheiro também ele vive reclamando que gasto muito, mas ele não vê que a Yasmin consome vários pacotes de fraldas por mês, Mucilon, Leite e que as roupinhas perdem rápido...

Mas não fique assim não!

Beijinhos

Lu do Deninho disse... [Responder comentário]

Todos nós temos dias tristes, fases ruim....mas temos que colocar pra fora e desabafar, guardar tudo no seu coraçãozinho só vai te fazer mal.
Já pensou em colocar ela em creche publica para vc trabalhar ? Não sei ai, mas aqui na minha cidade as creches publicas batem de 10 a 0 nas escolas particulares....

Tudo vai ficar bem !
bjuss

Bete Strøm disse... [Responder comentário]

O casamento é difícil e existem muitos casamentos em conflito e frustrados, mas é possível conseguir a felicidade duradoura e o casamento pode proporcionar mais alegrias indescritíveis do que a mente humana é capaz de conceber.
O dialogo eh muito importante, converse com seu esposo, diga porque se sente triste, mostre suas angustias e tentem viver..Isso eh uma fase, vai passar.... Beijos

Minha Doce Júlia .com disse... [Responder comentário]

Desabafar faz bem miga, mais fica triste assim não, pensa que é só uma fase ruim e vai passar logo! Ás vezes tbm fico assim, mesmo "trabalhando" aqui no sítio é como se eu não trabalhasse já que o Alê faz o serviço de nós dois e o dele é muito mais pesado que o meu ai pense o tanto que eu escuto, e o pior é nem poder procura outro serviço, um só pra mim, é horrível ter que pedi dinheiro pra compra qualquer coisa e ainda ter que explica o pra quer quero e etc, nada como ganhar o nosso dinheiro né, tô louca pra volta pra facul de fotografia mais tbm estamos apertados e pelo jeito esse ano não vai rola! não é fácil mais tenha fé que tudo passa!

fica bem miga!

beijos

Jaque da Júlia

JACK ROSA disse... [Responder comentário]

Amiga esse momento que você está passando é super normal, todas as mães e esposas em algum momento de sua caminhada passam por esse tipo de sentimento.Em relação a trabalhar primeiro verifique na ponta do lápis se vale a pena, pois as vezes só trocamos dinheiro.E não tem nada melhor para a sua filhinha do que ter você por perto, cuidando, amando, e acompanhando.Em relação ao seu relacionamento eu estarei em minha orações incluindo o casamento de vocês,pois eu CREIO que DEUS pode transformar qualquer situação.E família é projeto de DEUS, e vocês são um projeto de DEUS.
Desejo que amanhã você acorde mais animada e conte para nós...bjks jack rosa

Mamãezinha disse... [Responder comentário]

Aline. Vou torcer por você e por mim, que também ando muito triste com marido. Por esses e outros tantos motivos mais. Uma amiga me disse e eu repito para você: nenhum dia é igual ao outro. Vamos encontrar a saída com a ajuda de Deus. Fique bem. Beijos!

Elaine Correa disse... [Responder comentário]

Nao se desculpe por expor sua tristeza no seu blog!vc é um ser humano!sei pelo q vc passa!acontece o msmo comigo!nao trabalho,moro com meu papi,sinto falta da minha mae(q ja é falecida e minha sogra tmbm),falta de independencia financeira,privacidade etc,etc.Se ficar aq escrevendo pronto!nao paro mais hj!
Vc vai conseguir realizar seus sonhos!Vamos,melhor dizendo!e precisamos dar um chega pra la na tristeza menina,nos duas!!!!
Bj*

Glauh Pima disse... [Responder comentário]

Ai amiga não sei se vc chegou a ler meu post no meu blog de contos...estou mal tbm...so Sofia me conforta...Mas amiga temos que ter forças pelas pequenas...torcer pra que tudo se acerte no tempo certo...e te entendo completamente!
Vou torcer muito por você...que tudo se resolva viu!
Se precisar de um "ombro" pra desabafar é so me procurar viu...Beijos

Mi disse... [Responder comentário]

As vezes é uma tpm... vai passar! Quando fico assim eu oro,rezo, e passa. bjinhos.

Cléo disse... [Responder comentário]

Linda Aline, é normal no ser humano esse sentimento, e quando temos que passar certas provações, somos nós mesmo, mas nessa hora podemos contar com nossos amigos, seja eles presentes ou virtuais, assim como todas amigas do compromisso saiba que estou torcendo e tenha fé que logo tudo ficara no seu lugar, acredite que é uma ponte que terá que atravessar e o melhor tudo filhos são anjos e você tem um anjo 24hs por dia ao seu lado te fazendo sorrir e ter certeza que apesar dos problemas vale a pena viver, ser feliz em prol esse pequeno ser, melhoras e tenho certeza que em breve terá um post super alegre. Beijos e fica com Deus linda.
Beijos
Cléo

Brasileira sim Senhor disse... [Responder comentário]

Olá querida, fez bem em colocar o seu desabafo em palavras. Nem sempre a vida conjugal são flores, por diversos motivos, pela nossa vontade ou não temos alguns obstáculos e ter a pureza de uma criança para animar e iluminar o dia é o diferencial para você ter forças e procurar enxergar os pontos positivos!! Estou aqui, tão longe e o que poderia saber ? Também tenho fases ruins e bem tristes mas procuro me manter positiva para não ser contagiada pelo mal estar..tenho certeza querida que logo tudo há de se resolver..basta procurar enxergar os pontos positivos e aprender com os negativos.. precisando de um ombro, não hesite em falar.. bjs..

Queli disse... [Responder comentário]

Eu tbm já fiquei assim antes de ter o Isaac e te digo q era pq eu não estava trabalhando. Eu queria muito trabalhar e não conseguia emprego,então minha vida era uma mesmice. Se vc encontrar um trabalho q dê uma graninha boa vá sim! No começo é dificil,mas depois vcs duas se acostumam.

Andreia disse... [Responder comentário]

Olá Aline so Deus pode te ajudar a mudar esta situação de tristeça pois a familia e do coração ti Deus e Ele ti deu uma familia linda com certeza não começo vcs mais sua princesa e linda, e seu q td q vc pedir a Deus em oração crendo Ele ovira e de abençoa, creia q esta faze vai passar e vc vai ter td q sonha seu lar so de vcs três,, somente creia e fik frime pq Deus te Ama muito.
Fk com Deus
Bjs
Andreia

Brasileira sim Senhor disse... [Responder comentário]

Olá querida, vim dizer que tem selinho para você la no blog!!

Super bjs,
Elo

Pequenos Mimos disse... [Responder comentário]

Chore o que tiver que chorar, as vezes precisamos colocar em lágrimas o que não conseguimos transmitir em palavras.
Acredito que a falta de privacidade e as dívidas estejam te afastando dos eu marido, mas relaxa que uma hora tudo passa, as vezes a cobrança é mais nossa que dos outros e isso vai nos sobrecarregando e chega uma hora que explode.
Quanto a trabalhar não há nada que vc possa fazer em casa? Sem ter que sair propriamente dizendo.
Bjs e espero que fique bem.

Andréia Sales disse... [Responder comentário]

Aline,
essas tristezas faz parte da vida.
É bom botar pra fora e procurar algo que a gente goste de fazer.
Estou torcendo pra aparecer boas alternativas pra você.
Bjks
www.cantinhodosam.com
http://makeviagem.blogspot.com.br/

Chris Ferreira disse... [Responder comentário]

Oi Aline,
é bom desabafar e receber o carinho das amigas e ainda perceber que não está sozinha.
Com certeza dias melhores virão. Os homens são diferentes de nós e expressam os sentimentos e as preocupações de forma diferente também.
Ter uma filha é muito recompesador e encorajador. O importante é avaliar os prós e contras e fazer as melhores escolhas, né? Tenho certeza de que vocês vão conseguir superar essa fase.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Postar um comentário

Comenta vai?! Vamos Amar!!!

Beijos Nossos